Barcelona vai bater sua meta de faturar € 1 bilhão já em 2018-19?

O Barcelona ambiciona romper a barreira de € 1 bilhão em faturamento (receitas). O prazo que o clube se deu para isso foi o final da temporada 2020-21. Mas pode ser até que consiga antes.

Apenas três meses após anunciar a receita-recorde de € 914 milhões (2% acima dos € 897 milhões esperados) em 2017-18, os culés, segundo a mídia espanhola, já projetam, extraoficialmente, um faturamento de € 960 milhões para a atual temporada 2018-19. Seria a maior arrecadação da história do futebol — pelo menos até conhecermos a projeção do Manchester United, por ora o único clube capaz de derrotar o Barcelona nesse campo.

“Mas de onde sai tanto dinheiro?”, você se pergunta. Vamos listar algumas fontes de receita do clube:

PATROCÍNIOS DE CAMISA: € 155 milhões (potenciais) da Nike + € 55 milhões da Rakuten + € 19 milhões da Beko;
PREMIAÇÕES TÉCNICAS: como atual defensor do título da LaLiga Santander, o Barça terá a maior fatia de TV (explicamos aqui) e, na atual UEFA Champions League, já começou com um mínimo de € 49,598 milhões (participação na fase de grupos + ranking histórico), podendo chegar a até € 116,798 milhões, sem contar o pool de mídia da UEFA (cuja remuneração, progressiva, também depende da campanha);
GANHOS COMERCIAIS: com a ativação de seu novo contrato junto à Nike (por ora, o maior patrocínio técnico do futebol mundial), o Barcelona passa a receber 48% do royalties sobre as vendas de suas coleções de jogo, treino e viagem, e ainda espera garantir de € 105 milhões e € 155 milhões após ter recuperado a gestão da rede de lojas FCBotigues e dos seus licenciamentos de marca.

E esses são apenas três itens. As bilheterias do Camp Nou (que pode ganhar naming rights), as visitações ao Museu FCB, os patrocínios regionais,d a monetização das redes sociais, as negociações via La Masia — todos esses, e muito mais, são grandes vetores de receitas do Barcelona.

Diante de tantos números e frentes de faturamento, romper € 1 bilhão em receitas até o final da temporada 2020-21 parece uma meta “modesta”. Certamente, o Barcelona conseguirá antes. E a nossa pergunta é: será já balanço de 2018-19? Estamos de olho.

l

Thiago Zanetin tem 32 anos e é redator publicitário. Fanático seguidor do Hellas Verona, sonha com o dia em que as verdadeiras cores gialloblù da cidade voltarão a brilhar na elite italiana.

Imagens: Divulgação.

l

Siga o Futebol Marketing nas redes sociais: facebook | twitter

Category: Futebol MarketingMercado

Tags:

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial