Bayern cravou novo recorde de receitas em 2017-18

O lucro líquido diminuiu para € 22 milhões; mas, na temporada 2017-18, o Bayern de Munique manteve sua rotina de quebrar o próprio recorde de receitas: € 624,3 milhões. E se considerarmos todo o grupo — ou seja, o clube e suas filiais —, o faturamento sobe para € 657,4 milhões, com superávit, sem impostos, de € 29,5 milhões.

“De onde vem tanto dinheiro?” Bem, o Bayern não detalhou os números. Mesmo assim, podemos afirmar que boa parte se deve ao desempenho do clube em campo.

Como hexacampeão consecutivo da 1. Bundesiga, o Bayern garantiu, além da premiação pelo título, a maior fatia dos direitos de TV (relembre os critérios): € 58,55 milhões. A campanha na UEFA Champions League, em que, além de ser o único clube alemão a superar a fase de grupos, chegou à semifinal, rendeu mais € 70,494 milhões — somando bônus por performance e market pool. Por fim, o vice na CFB-Pokal, assegurou outros € 2,2 milhões.

Os demais vetores de receitas do Bayern, imaginamos, continuam constantes como sempre foram:

a Allianz Arena, já alguns anos operada integralmente pelo clube, que beirou os 100% de ocupação ao longo de toda a temporada;
— o quadro de sócios, de longe o maior do futebol mundial;
— e a área comercial (patrocínios, licenciamentos, merchandising, etc.).

E, ao mesmo tempo, o Bayern segue quitando o “FC Bayern Campus”, o seu centro de excelência para formação de jogadores que, nas ambições do clube, vai gerar cada vez mais ativos e menos despesas nas janelas de transferências.

Podemos dizer, então, que o Bayern atingiu um “moto-perpétuo” financeiro: quanto mais ganha e investe, mais gera dinheiro. Cresce a cada dia. Um fenômeno. (E — não podemos perder a provocação — tudo isso em plena vigência da regra 50+1, que o clube quis destruir.)

l

Thiago Zanetin tem 33 anos e é redator publicitário. Fanático seguidor do Hellas Verona, sonha com o dia em que as verdadeiras cores gialloblù da cidade voltarão a brilhar na elite italiana.

Imagens: Divulgação.

l

Siga o Futebol Marketing nas redes sociais: facebook | twitter

Category: Futebol MarketingMercado

Tags:

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial