Brasileirão chegará a mais de 20 países via YouTube

Na Europa: Bielorússia, Bulgária, Eslováquia, Estônia, França, Hungria, Holanda, Letônia, Lituânia, Moldávia, Romênia, República Tcheca, Rússia, Suíça e Ucrânia. Na Ásia: Birmânia, Brunei, Camboja, Filipinas, Laos, Malásia, Mongólia, Tailândia e Taiwan (China). E na Oceania: Austrália e Nova Zelândia.

Esses são os mercados que, de 2019 a 2022, poderão acompanhar a Série A do Brasileirão via streaming no YouTube, através do canal youtube.com/brasileirao — que já está no ar.

O negócio, que pode chegar, no total, a R$ 550 milhões (a serem fatiados ingualmente entre os participantes de cada temporada), foi fechado entre a Mediapro — que já transmite o Brasileirão na Espanha — e o Google, e disponibilizará mais de 110 jogos ao vivo, além de higlights e análises das rodadas.

Um incentivo a mais para que os nossos clubes direcionem esforços aos mercados internacionais. E para que todos — CBF inclusa — cuidem melhor do produto Brasileirão.

l

Imagens: Divulgação.

l

Siga o Futebol Marketing nas redes sociais: facebook | twitter

Category: Futebol MarketingMercadoRedes Sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *