Copa América 2019: sai Allianz Parque, entra Arena Corinthians

Após a Copa do Mundo FIFA 2014 e os Jogos Olímpicos Rio 2016, a Arena Corinthians substituirá o Allianz Parque — casa do Palmeiras — como estádio oficial da Copa América 2019. A substituição, feita de comum acordo entre os clubes, foi anunciada na última sexta-feira (23) pela CONMEBOL.

Segundo a CONMEBOL, a mudança foi necessária porque o Allianz Parque não teria agenda para receber partidas da Copa América 2019, entre 14 de junho e 7 de julho. Como se sabe, a arena alviverde está entre os locais que mais recebem shows e eventos em todo o mundo — “condição” fundamental para que a W/Torre, parceira na construção do empreendimento, recupere o quanto antes seu investimento.

Dessa forma, podemos dizer que as casas dos arquirrivais definem suas “vocações secundárias”: enquanto o Allianz Parque cresce em entretenimento, a Arena Corinthians se consolida no cenário do futebol internacional — em particular, para torneios entre seleções.

Lembramos que a Copa América 2019 será realizada em seis estádios de cinco capitais brasileiras:

— Morumbi (com capacidade para aproximadamente 67 mil espectadores) e Arena Corinthians (49 mil), em São Paulo-SP;
— Arena Maracanã (78 mil), no Rio de Janeiro-RJ;
— Arena do Grêmio (56 mil), no Porto Alegre-RS;
— Arena Mineirão (63 mil), em Belo Horizonte-MG;
— e Itaipava Arena Fonte Nova (48 mil), em Salvador-BA.

Já está acertada, também, a distribuição dos “jogos-eventos” (aqueles que concentram maior atenção e audiência) entre os estádios:

— o Morumbi receberá o jogo de abertura;
— a Arena do Grêmio e a Arena Mineirão serão os palcos das semifinais;
— e a final será na Arena Maracanã.

A Arena Corinthians e a Itaipava Arena Fonte Nova tendem a receber a maioria das partidas na fase de grupos e alguns jogos das quartas de final.

A Copa América 2019 contará com dez seleções do continente — Brasil (anfitrião), Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela — e duas convidadas asiáticas: Japão e Qatar (país-sede da próxima Copa do Mundo FIFA).

Na intenção da Conmebol, essa será a última edição do torneio a ser realizada num ano ímpar; em 2020, os EUA receberão a “Copa América Cenetário II” e, a partir daí, a competição coincidirá com a UEFA Euro — reação um tanto tardia (e ainda não sabemos dizer se suficiente) à reformulação feita pela entidade europeia no seu futebol de seleções, que culminou na criação da Nations League.

l

Imagens: Divulgação.

l

Siga o Futebol Marketing nas redes sociais: facebook | twitter

Category: Futebol MarketingMercado

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial