Coritiba + 1909: explicando a marca própria

Dito e feito: a 1909, marca esportiva própria do Coritiba, já está na rua. E como, em breve, os primeiros produtos estarão nas lojas e nos gramados — e, espera-se, também nas arquibancadas —, o clube resolveu detalhar o projeto.

O Coritiba trabalha com um tripé de prioridades para marca 1909: aumento da qualidade do material, melhor preço de venda para o consumidor final e a opinião do torcedor sobre o material — que, pelo menos para a primeira onda de lançamentos, não envolveu o processo de criação ou escolha dos modelos, mas deverá considerar algumas reivindicações de longa data (como, por exemplo, camisas de manga longa).

Ao todo, o Coritiba conta com cinco parceiros principais na execução do projeto da marca 1909:

– a Firmorama (SC) assina a identidade visual;
– a Straub Design (PR) criou a tipografia;
– a Diklatex (SC) fornece os tecidos para as coleções;
– a Bomache (CE) produz e distribui os uniformes; e
– a Candy Shop (PR) é a agência de comunicação;

Mas, como em todo projeto de marca própria, a principal parceria é com o torcedor. Por isso, a Coritiba Store do estádio Couto Pereira, já em processo de reformulação, também ganhará o nome de 1909.

Percebeu quantas frentes um projeto de marca própria movimenta? Agora, a bola está com o Coritiba. Além de receitas, a 1909 precisa ser um vetor de relacionamento junto aos torcedores. Pela empolgação do povão coxa-branca nas redes sociais, tem tudo para dar certo.

l

Thiago Zanetin tem 32 anos e é redator publicitário. Fanático seguidor do Hellas Verona, sonha com o dia em que as verdadeiras cores gialloblù da cidade voltarão a brilhar na elite italiana.

Imagens: Divulgação.

l

Siga o Futebol Marketing nas redes sociais: facebook | twitter

Category: CamisasFutebol MarketingMercado

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial