Coritiba vai vestir marca própria

Já estava no ar há tempos, e agora é oficial: assim que o vínculo com a adidas acabar, o Coritiba terá sua própria marca de fornecimento esportivo — seguindo os passos de Paysandu (LOBO), Juventude (19TREZE), Fortaleza (LEÃO 1918), Santa Cruz (Cobra Coral) Joinville (OCTO) e vários outros clubes Brasil afora — incluindo-se, já, o Bahia que deverá apresentar a sua ainda em 2018.

De acordo com o jornal Gazeta do Povo, a marca deverá se chamar “1909” (ano de fundação do Coritiba), e terá como parceira de produção a empresa cearense Voleio — nossos amigos do Mantos do Futebol, porém, indicam que a escolhida pode ser a também cearense Bomache, que já opera no mesmo esquema com diversos clubes —, num contrato de três anos, contemplando 20 mil peças por temporada.

Sempre segundo a Gazeta do Povo, a ideia do Coritiba é faturar R$ 1 milhão já no primeiro ano — bem mais do que no atual modelo de ganhos sobre royalties mantido junto à adidas. Num primeiro momento, estima-se que o custo de produção da camisa (carro-chefe da linha) será de R$ 70,00; e o seu valor de venda, de aproximadamente R$ 200,00 — com desconto de 20% para sócios.

Quem acompanha o nosso FutMKT há algum tempo sabe que nós entendemos a marca própria, antes de tudo, como um vetor de relacionamento. A resposta para o sucesso de “1909” está na torcida. E as perguntas estão com o Coritiba. Afinal, o que o torcedor deseja? Qual o mínimo que pode pagar? E o máximo? Vale a pena segmentar linhas de produtos por preço? Em que épocas está mais propenso a comprar? Compra mais em lojas físicas ou via e-commerce? Compra mais para si mesmo ou para presentear outras pessoas? Compraria produtos que cobrem o calendário promocional – Dia das Crianças, Natal, etc.? É isso – e muito mais – que deve ser compreendido. Se a iniciativa cobrir os torcedores, automaticamente cobrirá o clube. Estamos de olho.

l

Thiago Zanetin tem 32 anos e é redator publicitário na Concêntrica Comunicação e Conteúdo. Fanático seguidor do Hellas Verona, sonha com o dia em que as verdadeiras cores gialloblù da cidade voltarão a brilhar na elite italiana.

Com informações de: Gazeta do Povo e Mantos do Futebol. Imagens: Divulgação.

l

Siga o Futebol Marketing nas redes sociais: facebook | twitter

Category: CamisasFutebol MarketingMercado

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *