Cristiano Ronaldo + DAZN: foco global, (re)ação local

Cristiano Ronaldo já está se beneficiando da sua vitta all’italiana na Juventus. Nesta semana, o português foi anunciado como embaixador global da DAZN, plataforma de streaming do Perform Group, que investiu € 193 milhões para dividir com a Sky as transmissões da Serie A TIM para o atual triênio 2018-21 — e que também conta a maioria do pacote da Serie BKT, além de oferecer EFL Cup (Inglaterra), LaLiga Santander (Campeonato Espanhol), Ligue 1 Conforama (Francês) e Canadian Championship (Canadá) no país.

A tabelinha entre DAZN e Cristiano Ronaldo tem dois focos. O primeiro é inserir o mercado italiano na expansão global da plataforma, que, já opera em outros cinco países — Alemanha, Áustria, Suíça, Canadá e Japão — e, só no futebol, tem 24 campeonatos no portfólio.

E o segundo é local, centrado na Itália. Não só para divulgar a transmissão da Serie A TIM (e, de certo modo, da Serie BKT), mas, principalmente, para recuperar uma primeira má impressão junto ao público italiano.

Explicando. A DAZN transmite três jogos por final de semana (um aos sábados, às 20h30 — horário italiano; e dois aos domingos, às 12h30 e 15h). Na primeira rodada, sua principal partida foi Sassuolo 1×0 Internazionale, que, apesar de ter registrado um pico de 440 mil visualizações, literalmente travou no rebuffering por cerca de 20 minutos. E isso, além de inúmeros memes internet afora (como esse, acima, onde se lê “conheço gente mais lerda do que o streaming da DAZN”), rendeu um protesto formal da União Sindical de Jornalistas da RAI, a TV estatal italiana, para que o governo intervenha contra o “privilégio” de se assistir futebol apenas a pagamento — e nisso, cutucou também a Sky.

Há uma birrinha de business nisso tudo, já que a RAI, tradicional casa do futebol italiano, fracassou no leilão dos direitos de TV para 2018-21. Mesmo assim, a situação desgasta a imagem da DAZN, que apenas começou a operar na Itália. Cristiano Ronaldo, então, é a imagem certa para transmitir aos italianos o que a plataforma precisa agora: alta performance. E a principal oportunidade de colocar o conceito em prática virá na terceira rodada da Serie A TIM, com a transmissão exclusivia da visita que o gajo e a sua Juventus farão ao Parma.

l

Thiago Zanetin tem 32 anos e é redator publicitário. Fanático seguidor do Hellas Verona, sonha com o dia em que as verdadeiras cores gialloblù da cidade voltarão a brilhar na elite italiana.

Imagens: Divulgação.

l

Siga o Futebol Marketing nas redes sociais: facebook | twitter

Category: Futebol Marketing

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial