Eredivisie distribuirá 5% de receitas da UEFA entre clubes menores

Há pouco mais de um mês, falamos sobre o plano conjunto de Ajax, PSV e Feyenoord para levantar a Eredivisie, cujo principal ponto era redistribuir 10% do total de receitas levantadas pelos clubes holandeses na UEFA Champions League e Europa League entre todos os participantes da liga.

Deu resultado.

Nos últimos dias, a Eredivisie — com base na iniciativa de Ajax, PSV e Feyenoord — anunciou um pioneiro sistema de solidariedade no futebol europeu. A cada temporada, 5% do total de receitas europeias dos clubes holandeses serão distribuídas da seguinte forma:

— 85% entre os clubes da elite fora dos torneios da UEFA;
— 15% entre os clubes da Eerste Divisie (Segundona).

A única condição: para receberem ajuda, os clubes devem possuir programas de fomento ao futebol de base. Ou seja, a visão da Eredivisie é diminuir o gap entre suas participantes através da formação de talentos. Em 2018-19, serão repartidos € 4,5 milhões.

Sobre as demais propostas de Ajax, PSV e Feyenoord (relembre aqui), a Eredivisie decidiu o seguinte:

— a disputada ainda será entre 18 clubes, em sistema de pontos corridos, sem playoffs e mantendo o playout de rebaixamento (um mata-mata entre o antepenúltimo da elite e o terceiro colocado da Segundona);
— clubes que utilizam gramados sintéticos terão apoio para (mas não serão obrigados a) readotarem campos naturais, em até dois anos;
— e clubes que mantém times-B (sub-23) nas divisões menores receberão incentivos.

Outros pontos interessantes: a partir de 2019-20, os clubes classificados às competições da UEFA começarão suas campanhas na KNVB Beker (Copa da Holanda) a partir das oitavas de final; e pausas de inverno serão decidias em consultas junto aos torcedores e à detentora dos direitos de transmissão domésticos da Eredivisie e Eeerste Divisie (no caso, a FOX Sports).

Ao que parece, essas medidas de reequilíbrio da Eredivisie (e Eerste Divisie) afastam a ideia de uma liga transnacional Holanda-Bélgica. Clique aqui e relembre.

l

Thiago Zanetin tem 33 anos e é redator publicitário. Fanático seguidor do Hellas Verona, sonha com o dia em que as verdadeiras cores gialloblù da cidade voltarão a brilhar na elite italiana.

Imagens: Divulgação.

l

Siga o Futebol Marketing nas redes sociais: facebook | twitter

Category: Futebol Marketing

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial