Ligue 1: A Liga dos Talentos

La Ligue des Talents — ou “A Liga dos “Talentos”. É dessa forma que a Ligue 1 (Conforama) se posiciona para a França e todo o mundo da bola a partir desta temporada 2018-19.

Boa parte desse novo posicionamento da Ligue 1 — você já adivinhou — é consequência do bicampeonato da França na Copa do Mundo FIFA 2018, uma vez que:

— 21 dos 23 bleus convocados por Didier Deschamps apareceram para o futebol em clubes da liga (bem como o próprio técnico);
— oito campeões mundiais (incluindo Kylian Mbappé, eleito o melhor jogador jovem do torneio) serão vistos nos gramados franceses em 2018-19;

Além disso, o Mundial contou com outros 27 jogadores da Ligue 1, que também vem mostrando a capacidade de atrair ou repatriar nomes de grande potencial técnico e/ou midiático — quer dizer, les talents —, sejam jogadores (como, por exemplo, Payet, do Olympique de Marseille; Falcao Garcia, do Monaco; Balotelli, do Nice; e o elenco estratosférico do PSG), sejam treinadores (Claudio Ranieri, campeão da Premier League com Leicester City e hoje a frente do Nantes, e o recém-chegado Tuchel, “ex-herdeiro” de Klopp no Borussia Dortmund).

Você aprova a Ligue 1 como La Ligue des Talents — ou “A Liga dos “Talentos”?

l

Thiago Zanetin tem 32 anos e é redator publicitário. Fanático seguidor do Hellas Verona, sonha com o dia em que as verdadeiras cores gialloblù da cidade voltarão a brilhar na elite italiana.

Imagens: Divulgação.

l

Siga o Futebol Marketing nas redes sociais: facebook | twitter

Category: Futebol MarketingMercado

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial