Negócio fechado: o Monza é de Berlusconi

Há uma semana, dissemos, repercutindo a imprensa italiana, que o histórico ex-mandatário do Milan, Silvio Berlusconi, preparava seu retorno ao futebol, através da compra de 95% das ações do S.S. Monza 1912 — clube da Terceirona italiana.

Só o percentual estava errado.

De acordo com a Gazzetta dello Sport e outros veículos da Itália, o negócio já está fechada, por 100% do pacote acionário do S.S. Monza 1912. A aquisição será feita via Fininvest — a holding financeira que, no passado, controlou o Milan —, por um valor especulado de € 2,5 milhões a € 3 milhões.

Como também havíamos dito, Adriano Galliani, fiel “escudeiro” de Berlusconi nos tempos de Milan, será o administrador do SS Monza 1912, ao passo que o ex-mandatário brianzolo, o empreendedor local Nicola Colombò — que refundou o clube após sua última falência, em 2015, vencendo o puole scudetto da Serie D —, continuará como presidente.

O projeto de Berlusconi para o rilancio do S.S. Monza 1912 rumo à Serie BKT — que a cidade não vê desde a temporada 1999-00 — passa pela aquisição e transformação no estádio municipal Brianteo numa espécie de “Monza Stadium” (uma versão provinciana do “Allianz Stadium”, da Juventus). Especula-se que o negócio pode ser fechado junto a prefeitura de Monza por € 15 milhões.

l

Thiago Zanetin tem 32 anos e é redator publicitário. Fanático seguidor do Hellas Verona, sonha com o dia em que as verdadeiras cores gialloblù da cidade voltarão a brilhar na elite italiana.

Imagens: Divulgação.

l

Siga o Futebol Marketing nas redes sociais: facebook | twitter

Category: Futebol MarketingMercado

Tags:

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial