O City venceu a Premier League. Mas o United ganhou mais da TV

manchester city citzens gabriel jesus gol alo mae comemoracao premier league titulo campeao campeoes champions pl campeonato ingles, liga inglesa reino unido, inglaterra united kingdom uk

Na classificação final da Premier League 2017-18, o Manchester City superou o Manchester United na ponta por 19 pontos. Mas, na distribuição dos ganhos de TV da temporada, diferença foi de £ 329.091 (mais de R$ 1,63 milhão, sendo £ 1,00 = R$ 4,98) em favor dos red devils, que faturaram £ 149.767.147,00 (mais de R$ 745,8 milhões) contra £ 149.438.654 (mais de R$ 744,2 milhões) dos citzens.

Por quê?

tabela divisao broadcast broadcasting, tv payments, direitos midia, televisao jogos partidas inglaterra reino unido united kingdom uk dinheiro verba

A resposta está na tabela de broadcasting divulgada pela Premier League. Mais exatamente, na coluna “UK Live”, que indica quantos jogos de cada clube foram transmitidos ao vivo para o mercado doméstico: o Manchester United (assim como Liverpool e Arsenal) teve 28 jogos partidas televisionadas, contra 26 do City; e nisso, ganhou £ 2.259.759,00 (mais de R$ 11,25 milhões) a mais em facility fees — diferença, essa, maior do que os £ 1.931.268,00 (mais de R$ 9,61 milhões) nos merity payments que separam o campeão do vice.

Em todos os demais indicadores — equal share (pagamento mínimo garantido), international TV (jogos para fora do Reino “ex-Unido”) e central comercial (o total da receita publicitária gerada pelas partidas) —, os 20 clubes têm participação igual.

manchester united red devils pogba pogdance gol comemoracao premier league titulo campeao campeoes champions pl campeonato ingles, liga inglesa reino unido, inglaterra united kingdom uk

Para o próximo ciclo de broadcasting (triênio 2019-22), a Premier League estuda, aumentar o número de jogos televisionados, dar aos torcedores a possibilidade escolher quais partidas verão na TV em quatro rodadas de meio de semana. Como isso ocorrerá? E de que forma a possível entrada de players digitais na concorrência de mídia pode afetar essa ideia? Estamos de olho.

l

Thiago Zanetin tem 32 anos e é redator publicitário na Concêntrica Comunicação e Conteúdo. Fanático seguidor do Hellas Verona, sonha com o dia em que as verdadeiras cores gialloblù da cidade voltarão a brilhar na elite da Itália.

l

Imagens: Divulgação.

l

Siga o Futebol Marketing nas redes sociais: facebook | twitter

Category: Futebol MarketingMercado

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial