Tottenham + Nike: juntos até 2033

Nos últimos dias, Tottenham e Nike anunciaram a renovação de sua parceria — que começou na temporada passada — por mais 15 anos, ou seja, até 2032-33. Com isso, os £ 25 milhões anuais pegos pela swoosh saltarão para £ 30 milhões já em 2019-20.

Entendemos que essa renovação da Nike com o Tottenham — a mais longa (e, provavelmente, a mais rápida) já feita pela marca no futebol — tem dois motivos.

O primeiro: blindar as posições no mercado de Londres (o mais importante da Inglaterra e, consequentemente, um dos mais destacados do mundo), que, em breve, verá sua arquirrival adidas desembarcar no Arsenal. A Nike já tem o Chelsea garantido por um contrato alto e longo (cerca de £ 30 milhões por temporada até 2031-32); faltava “assegurar” o Tottenham.

E, segundo: desde o primeiro dia (lembra?), patrocinar o Tottenham tem se mostrado um grande negócio para a Nike. E as perspectivas são boas: ao mesmo tempo em que inauguraram juntos a maior loja de futebol da Europa, a Spurs Shop, dentro do novo estádio lilywhite — que, tão logo seja inaugurado, comportará ainda mais oportunidades para a parceria —, o Tottenham se tornou o maior vendedor de camisas em quatro estados dos EUA em 2018-19 segundo o ranking da SOCCER.COM. Claro: ter no clube “um certo” Harry Kane, destaque da Inglaterra na Copa do Mundo FIFA 2018 e embaixador global da swoosh, ajuda.

A Nike havia chegado ao Tottenham com o conceito #WatchUsRise. Ou, “Veja a Gente Crescer”. E os Spurs, realmente, estão em franco crescimento.

l

Thiago Zanetin tem 33 anos e é redator publicitário. Fanático seguidor do Hellas Verona, sonha com o dia em que as verdadeiras cores gialloblù da cidade voltarão a brilhar na elite italiana.

Imagens: Divulgação.

l

Siga o Futebol Marketing nas redes sociais: facebook | twitter

Category: CamisasFutebol MarketingMercado

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial